Base Nacional Comum Curricular: concepção de professores de matemática dos anos finais do ensino fundamental do município de Canoas

Greyce dos Santos Rodrigues, Claudia Lisete Oliveira Groenwald

Resumo


O presente trabalho apresenta os resultados da investigação produzida no contexto de uma dissertação de mestrado, do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECIM), da Universidade Luterana do Brasil (ULBRA). Objetivou-se investigar e analisar as percepções de 51 professores de Matemática, dos anos finais do Ensino Fundamental, do município de Canoas/RS, sobre os conteúdos dispostos na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) a ser implantada em 2018. A metodologia utilizada, nessa investigação, é de base quali-quantitativa. Os dados foram coletados por intermédio de 51 questionários de pesquisa aplicado aos professores de Matemática e de entrevistas com 18 professores. Como resultado da pesquisa, destaca-se que os professores possuem um bom conhecimento da BNCC e que sua implantação trará pontos positivos, há também relatos de desafios e preocupações, sobre como os conteúdos matemáticos serão desenvolvidos pelos professores de Matemática do município de Canoas, nos 5 eixos (Geometria, Grandezas e Medidas, Estabilidade e Probabilidade, Números e Operações e Álgebras e Funções), os quais destacam-se as seguintes temáticas não trabalhadas: plano cartesiano (6º e 7º anos), construções geométricas (7º ano), problemas com equações de 2º grau (8º ano), geometria analítica (9º ano), função exponencial (9º ano). Salienta-se que somente após a efetiva implantação da BNCC serão vistos resultados mais contundentes.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


REMATEC 2006-2019. Site desenvolvido por Stanley de Oliveira (stanleyufrn@gmail.com).