É possível pensar em práticas colaborativas numa disciplina obrigatória de Licenciatura em Matemática?

Luana Baier, Elenilton Vieira Godoy, Elisangela Campos

Resumo


Este trabalho insere-se na linha de pesquisa Formação de Professores que ensinam Ciências e Matemática, do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e em Matemática da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e tem como objetivo analisar as práticas colaborativas possíveis na disciplina obrigatória Matemática no Ensino Médio do curso de Licenciatura em Matemática da UFPR. Metodologicamente, insere-se numa abordagem qualitativa de cunho etnográfico. Teoricamente, pautar-se-á em teóricos que discutem a formação inicial de professores que ensinam Matemática e as práticas colaborativas. As práticas colaborativas criam ambientes dinâmicos e imprevisíveis que valorizam a (auto)formação. As observações realizadas ajudaram a concluir que os alunos e o professor conseguiram formar um grupo colaborativo, possibilitando que todos os envolvidos participassem, mutuamente, da formação dos sujeitos participantes. A participação dos sujeitos e as relações que se estabeleceram, a partir das práticas colaborativas, foram fundamentais para que ocorresse, durante a formação, o desenvolvimento profissional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


REMATEC 2006-2019. Site desenvolvido por Stanley de Oliveira (stanleyufrn@gmail.com).