Feira Regional de Matemática no Estado do Rio Grande do Sul: um espaço de formação e constituição do professor

Isabel Battisti, Peterson Cleyton Avi

Resumo

A formação e a constituição do professor são processos complexos intrinsecamente articulados a processos de reflexão.  A partir desse entendimento e considerando a extensão como uma atividade de diálogo e de aprendizagem que viabiliza a relação transformadora entre universidade e sociedade, um grupo de professores de uma universidade do noroeste do estado do Rio Grande do Sul- RS, que atua na área Matemática e Educação Matemática, entendeu que, a partir de ações de um Projeto de Extensão que considera Feiras de Matemática, poderia intervir na formação de distintos sujeitos, dentre os quais, os professores. A presente escrita tem como objetivo, identificar aspectos/elementos das Feiras de Matemática que se mostram potenciais na formação e constituição do professor de Matemática ou do professor que ensina Matemática. Considera para análise materiais produzidos no decorrer do desenvolvimento das diferentes ações propostas por um Projeto de Extensão. Ações promovidas pelo Projeto de Extensão, que consideraram o processo, o resultado e a organização de Feiras de Matemática, permitiram aos sujeitos envolvidos, mas de forma especial aos professores, diferentes possibilidades de instituição de processos de reflexão, que envolveram a articulação entre teorias e práticas relacionadas a conhecimentos pedagógicos, curriculares, do contexto e das finalidades, do conteúdo e do aluno. O que pode, efetivamente, impactar na formação e constituição do professor de Matemática ou do Professor que ensina Matemática.

Texto completo:

PDF

Referências

AVI, P. C. et al.. Feiras de matemática no estado do Rio Grande do Sul: consolidação e expansão. Salão do Conhecimento- Ciência para a redução das desigualdades. UNIJUI, 2018. Disponível em: file:///C:/Users/Isabelkb/Downloads/9659-1-39507-1-10-20180926%20(5).pdf

BIEMBENGUT, M. S. e ZERMIANI, V. J. Feiras de Matemática: História das Ideias e Ideias da História. Blumenau: Legere/Nova Letra, 2014.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação. Secretária de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. – Brasília: MEC, SEB, 2017.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação. Secretária de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. – Brasília: MEC, SEB, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Conselho Nacional da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretária de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. – Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013.

HOELLER, S. A. de O., et al (Orgs). Feiras de Matemática: percursos, reflexões e compromisso social. Blumenau: IFC, 2015. 163p.

MACIEL, A. da S,; MAZZILLI, S.. Indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão: percursos de um princípio constitucional. In: Encontro Anual da Associa¬ção Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, 33., 2010, Caxambu. Anais... Caxambu, MG, 2010. p. 1-13. Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2014.

MENEZES, A. L. T,; SÍVERES, L. Nas fronteiras da indissociabilidade - a con¬tribuição da extensão universitária. In: SÍVERES, L.; MENEZES, A. L. T. Trans¬cendendo fronteiras: contribuição da extensão das instituições comunitárias de ensino superior (Ices). Santa Cruz do Sul: Edunisc, 2011. p. 49- 65.

NEHRING, C. M.; BATTISTI, I. K.; POZZOBON, M. C. C. Entendimento de professores universitários sobre o seu fazer: ensino como atividade preponderante e extensão como atividade ainda periférica. Revista Espaço Pedagógico. V. 25, n. 3, Passo Fundo, p. 647-664, set./dez. 2018. Disponível em www.upf.br/seer/index.php/rep

OLIVEIRA,F. P. Z. de; PIEHOWIAK, R.; ZANDAVALLI, C. Gestão das Feiras de Matemática. In: HOELLER, S. A. de O. et. al. (Organizadores). Feiras de Matemática: percursos, reflexões e compromisso social. Blumenau: IFC, 2015.

SAMPAIO, J. H.; FREITAS, M. H. de. A indissociabilidade entre ensino, pes¬quisa e extensão. In: FREITAS, L. G. de; MARIZ, R. S.; CUNHA FILHO, J. L. da (Org.). Educação superior: princípios, finalidades e formação continuada de profes¬sores. Brasília: Líber Livro, 2010.

SIEVES, M. S.; SILVA, L. C. da; BERTOLDI, H. M. Gestão das Feiras. In: ZERMIANI, V. J. Feiras de Matemática: um programa científico & social. Blumenau: Acadêmica, 2004.

VIGOTSKI, L. V.. A Construção do pensamento e da linguagem. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

ZERMIANI, V. J, Avaliação dos projetos de Extensão Desenvolvidos pelo Laboratório de Matemática da FURB; Blumenau. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) Universidade Regional de Blumenau.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.