Aliança entre HM, TDIC e IM: Fundamentos e Aplicações

Palavras-chave: Aliança, História da Matemática, Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação, Investigação Matemática.

Resumo

Alicerçada em três tendências em Educação Matemática surge a aliança entre História da Matemática (HM), Tecnologias Digitais em Informação e Comunicação (TDIC) e Investigação Matemática (IM). Considerando que cada uma das referidas tendências possui argumentos favoráveis ao uso em prol do ensino e aprendizagem de Matemática isoladamente, a aliança busca conexão desses de modo a compor mais uma proposta pedagógica no campo da Educação Matemática. Baseia-se assim, por exemplo, nos argumentos favoráveis ao uso da HM de Miguel e Miorim (2019), nas considerações da informática na Educação Matemática de Borba e Penteando (2019) e nas ponderações da IM de Ponte, Brocardo e Oliveira (2019), delineando ainda um constructo que perpassa por outras referências de aspectos teórico e metodológicos. Nessa ótica, nesse artigo almeja-se realizar uma apreciação do delineio da aliança e seus fundamentos juntamente com a apresentação de práticas que emergem da elaboração de produtos educacionais respaldados na mesma a partir de pesquisa da abordagem qualitativa. Desse modo, perpassa pelos moldes da aliança entre HM, TDIC e IM apontando como resultado parâmetros de sua elaboração, termos e expressões inerentes, nortes metodológicos para elaboração de proposta, entre outros aspectos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Juliana Maria Schivani. Dos Mínimos Quadrados À Regressão Linear: Atividades Históricas Sobre Função Afim e Estatística Usando Planilhas Eletrônicas. 2015. 301f. Dissertação (Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Exatas) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.

ANDRADE, Luciana Vieira. História da Matemática e Tecnologias da Informação e da Comunicação no Ensino de Função. 2017. 248f. Dissertação (Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Exatas) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.

ANDRADE, Luciana Vieira; SOUSA, Giselle Costa de. História da Matemática e TIC no ensino de função. Novas edições acadêmicas, 2018.

ARAÚJO, J. L. Tecnologia na Sala de Aula: Desafios do Professor de Matemática, Minas Gerais, n.3, p. 1 – 10, EEMOP, Fev, 2005.

BORBA, M. de C. Coletivos seres-humanos-com-mídias e a produção do conhecimento matemático. In: I Simpósio Brasileiro de Psicologia da Educação Matemática, 2002, Curitiba. I Simpósio Brasileiro de Psicologia da Educação Matemática, 2001. v. 1. p. 135-146. Disponível em: <http://www.rc.unesp.br/gpimem/downloads/artigos/borba/borba_coletivos-seres-humanos-com-midias.pdf

BORBA, M. de C. Softwares e internet na sala de aula de matemática. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, 10., 2010, Salvador. Anais... Salvador: Universidade Católica do Salvador, 2010.

BORBA, Marcelo de Carvalho; PENTEADO, Miriam Godoy. Informática e Educação Matemática. 3. ed. 2. reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

BORBA, Marcelo de Carvalho; PENTEADO, Miriam Godoy. Informática e Educação Matemática. 4. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

BORBA, Marcelo de Carvalho; PENTEADO, Miriam Godoy. Informática e Educação Matemática. 6. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2019.

BRAUMANN, C. A. Divagações sobre investigação matemática e o seu

papel na aprendizagem da matemática. In J. P. Ponte, C. Costa, A. I. Rosendo, E. Maia, N. Figueiredo, & A. F. Dionísio (Eds.), Actividades de investigação na aprendizagem da matemática e na formação de professores. p. 5-24. Lisboa: SEM-SPCE, 2002.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio: Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria do Ensino Médio, 2000. 58p.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2015. 302p.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular – BNCC. Versão final. Brasília, DF, 2017. 466p.

CHAQUIAM, M. Ensaios temáticos: história e matemática em sala de aula. Belém: SBEM-PA, 2017.

COSTA, Allyson Emanuel Januário da; SOUSA, Giselle Costa de. Investigando a Conjunção entre História da Matemática e Tecnologias de Informação e Comunicação, por meio de um Levantamento Bibliográfico em Eventos Internacionais de Educação Matemática. Revista Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, Ceará, v.04, n.11, 06 – 21, 2017.

COSTA, Allyson Emanuel Januário da; SOUSA, Giselle Costa de. Levantamento bibliográfico no banco de teses e dissertações da CAPES (2013 – 2016): investigando a conjunção entre história da matemática e tecnologias digitais de informação e comunicação. In: XXIX CONGRESSO DE INICAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA UFRN- eCICT, 2018, Natal. v. 29. p. 1973. Disponível em: http://www.propesq.ufrn.br/documento.php?id=126848514. Acesso em: 20 abr. 2020.

FAUVEL, John; MAANEN, Jan Van. History in Mathematics Education. New York: Klumer Academic Publishers. 2002.

FOSSA, J. A. Ensaios sobre educação matemática. Belém: EDUEPA, 2001.

GUTIERRE, Liliane dos Santos. O ensino de matemática no Rio Grande do Norte: trajetória de uma Modernização (1950 – 1980). 200. 261f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.

LÉVY, P. As Tecnologias da Inteligência – o futuro do pensamento na era da informática, Rio de Janeiro: Editora 34, (1ª ed 1990), 1993.

LÉVY, P. O que é o virtual? São Paulo.Ed. 34, 1996.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

LIMA, Telma Cristiane Sasso de; MIOTO, Regina Célia Tamaso. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Revista Katál, Florianópolis, v. 10 n. esp. p. 37-45, 2007.

MENDES, Iran Abreu. O Uso da História no Ensino de Matemática: Reflexões teóricas e experimentais. Belém: EDUEPA, 2001. 90p. – (Série Educação; n. 1)

MENDES, Iran Abreu. Matemática e investigação em sala de aula: tecendo redes cognitivas na aprendizagem. Natal: ed. Flecha do Tempo, 2006.

MENDES, Iran Abreu. Matemática e investigação em sala de aula: tecendo redes cognitivas na aprendizagem. 2. ed. São Paulo: Livraria da Física, 2009a.

MENDES, Iran Abreu. Investigação Histórica no Ensino da Matemática. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna Ltda, 2009b.

MENDES, Iran Abreu; FOSSA, John A.; VALDÉS, Juan E. N. A História Como um Agente de Cognição na Educação Matemática. Porto Alegre: Sulina, 2006.

MIGUEL, Antônio. Três estudos sobre História e Educação Matemática. 1993. 361f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de Campinas, Campinas, 1993.

MIGUEL, Antônio. As potencialidades pedagógicas da história da matemática em questão: argumentos reforçadores e questionadores. Zetetiké, Campinas, v. 5, n. 8, p. 73-105, 1997.

MIGUEL, Antônio; MIORIM, Maria A. História na Educação Matemática: propostas e desafios. 1 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

MIGUEL, Antônio; MIORIM, Maria A. História na Educação Matemática: propostas e desafios. 2 ed. - Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011.

MIGUEL, Antônio; MIORIM, Maria A História na Educação Matemática: propostas e desafios. 3 ed. - Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2019.

MOREY, Bernadete. Fontes Históricas na sala de aula de Matemática: o que dizem os estudos internacionais. RBHM: na international journal on the History of Mathematics, Rio Claro, v. 13, n. 26, p. 73-83, jan/jun. 2013.

OLIVEIRA, José Damião Souza de. A Geometria do Compasso (1797) de Mascheroni (1750-1800) em Atividades com o Geogebra. 2014. 225f. Dissertação (Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Exatas) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.

OLIVEIRA, José Damião Souza de; SOUSA, Giselle Costa de. Construções da Geometria do Compasso de Lorenzo Mascheroni (1750-1800) em atividades com software de matemática dinâmica. 1.ed. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2017.

PONTE, J. P. Novas tecnologias na aula de Matemática. In: Educação e Matemática. n.34. Lisboa: APM, 1995, p.2-7. Disponível em: < http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/4470/1/95-Ponte%20EM%2034.pdf>. Acesso em: 31 out. 2014.

PONTE, João Pedro da; BROCARDO, Joana; OLIVEIRA, Hélia. Investigações Matemáticas na Sala de Aula. 1. ed. 1ª reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

PONTE, João Pedro da; BROCARDO, Joana; OLIVEIRA, Hélia. Investigações Matemáticas na Sala de Aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

PONTE, João Pedro da; BROCARDO, Joana; OLIVEIRA, Hélia. Investigações Matemáticas na Sala de Aula. 4 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2019.

RADFORD, L. Um percurso pela teoria da objetivação. Em S. Takeco Gobara e L. Radford (Eds.). Teoria da Objetivação: fundamentos e aplicações para o ensino e aprendizagem de ciências e matemática (pp. 15 – 42). São Paulo, Brasil: Livraria da Física, 2020.

ROQUE, Tatiana. História da Matemática: uma visão crítica, desfazendo mitos e lendas. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

ROQUE, Tatiana. Desmascarando a equação. A história no ensino de que matemática? Revista Brasileira de História da Ciência. V. 7, N. 2. Rio de Janeiro: SBHC, p. 167-185, 2014.

SAITO, F. Instrumentos Matemáticos dos Séculos XVI e XVII na Articulação Entre História, Ensino e Aprendizagem Matemática. REMATEC, Natal (RN), ano 9, n. 16, p. 07–24, mai/ago. 2014.

SILVA, Alison Luan Ferreira da. História da matemática, tecnologias digitais e

investigação matemática no ensino de unidades temáticas de matemática da BNCC para o 8º ano. 2019. 247f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática), Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.

SOUSA, Giselle Costa de. Reflexões Sobre o uso da História da Matemática na Sala de Aula: O Jogo dos Sinais. In: GUTIERRE, Liliane dos Santos; MENDONÇA, Silvia Regina de. (Org.). O olhar de 8 professores sobre o ensino e pesquisa em matemática. João Pessoa: Ideia, 2012. cap. 4.

SOUSA, Giselle Costa de; ALVES, Juliana Maria Schivani. A regressão linear de Francis Galton (1822 – 1911) sendo reconstruída por meio das TIC para estudar função afim e padrões de medidas. 1.ed. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2017.

SOUSA, Giselle; GOMES, Anna. Aporte para a promoção de atividades-históricas-com-tecnologia. Research, Society and Development. 9. 86953206. 10.33448/rsd-v9i5.3206, 2020.

TIKHOMIROV, O. K. The psychological consequences of computerization. In: WERTSCH, J. V. (Ed.) The concept of activity in sovietc psychology. New York: M. E. Sharpe, 1981. p.256-278.

VALENTE, J. A. Informática na Educação no Brasil: Análise e Contextualização Histórica. In: VALENTE, J. A. (org.). O computador na sociedade do conhecimento. Campinas: UNICAMP/NIED, 1999a.

VALENTE, J. A. Análise dos diferentes tipos de software usados na educação. In: VALENTE, J. A. (Org). O computador na sociedade do conhecimento. 1 ed. UNICAMP / NIED, Campinas,1999b.

Publicado
2020-05-15
Métricas
  • Visualizações do Artigo 89
  • PDF Downloads 89
Como Citar
SOUSA, G. C. DE. Aliança entre HM, TDIC e IM: Fundamentos e Aplicações. REMATEC, v. 15, p. 117-136, 15 maio 2020.
Seção
Artigos Científicos