A Expertise de Joaquim José de Araújo na Educação de Alagoas

Palavras-chave: Saber para ensinar. Matemática. Joaquim José de Araújo. Expert. Formação de professores

Resumo

Este artigo investiga em que medida Joaquim José de Araújo esteve ligado às transformações ocorridas na formação dos professores da Escola Normal maceioense nas décadas de 1860 – 1930. O estudo mobilizou diferentes fontes históricas que permitem visualizar as contribuições que circulavam no período investigado e os saberes profissionais adotados nessa formação. As análises revelam que o referido professor, à luz do referencial teórico, trata-se de um provável expert que sistematizou saberes atinente ao ensino dos saberes matemáticos. Tal entendimento está articulado com as definições adotadas nas pesquisas GHEMAT- Brasil e corroborando com o projeto de Wagner Valente A matemática na formação de professores e no ensino: processos e dinâmicas de produção de um saber profissional, 1890-1990, aprovado em 2017. Para tanto, analisamos sua principal obra O Compêndio de Pedagogia Prática que tem como referência O Curso Prático de Pedagogia do Diretor da Escola Normal Primária Francesa de Mr. Daligualt, traduzido para a Língua Portuguesa em 1869, uma das poucas obras publicadas no período provincial em Alagoas, marcado estritamente, por um conteúdo pedagógico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAÚJO, J. J. de. Compêndio de Pedagogia Prática. Salvador: Typografia dos Dois Mundos, 1886. Disponível em: http://www.cedu.ufal.br/grupopesquisa/gephecl/ compendiodepedagogiapratica.pdf. Acesso em: 16 novembro 2019.

CHARTIER, R. Formas e sentido. Cultura escrita: entre distinção e apropriação. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2003.

COSTA, J. C. 1871 – 1934. Instrução Pública e Instituições Culturais de Alagoas & Outros Ensaios/ João Craveiro Costa; Coordenação editorial, apresentação, notas e biobibliografia de Elcio de Gusmão Verçosa, Maria das Graças de Loiola Madeira – Maceió: EDUFAL, 2011. 224 p.: il., fots. – (Coleção Nordestina; v. 74).

DIAS, Danielle. Joaquim José de Araújo. Disponível em: http://www.cedu.ufal.br/grupopesquisa/gephecl/livros-fragmentos/. Acesso em: 17/02/2020
DICIONÁRIO ON LINE: Disponível em:https://www.dicio.com.br/expert/

DUARTE, Aberlado. História do Liceu Alagoano. Maceió. Dac – SENAC – AL. 1961.

HOFSTETTER, R. et al. (2017). Penetrar na verdade da escola para ter elementos concretos de sua avaliação – A irresistível institucionalização do expert em educação (século XIX e XX). Trad. Marcos Denilson Guimarães e Wagner Rodrigues Valente. In: Hofstetter, R.; Valente, W. R. (Orgs.). Saberes em (trans)formação: tema central da formação de professores. 1ª ed. São Paulo: Editora Livraria da Física (Coleção Contextos da Ciência), p. 55-112.

HOFSTETTER, R. & Valente, W. R. (2017). Saberes em (trans)formação – tema central da formação de professores. São Paulo: Livraria Editora da Física.

MONARCHA, Carlos. Escola Normal da Praça: o lado noturno das luzes. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1999.

MORAIS, R. EXPERTS EM EDUCAÇÃO E A PRODUÇÃO DE SABERES NO CAMPO PEDAGÓGICO . IN: REMATEC/Ano 12/n. 26/set.-dez.2017 Disponivel:https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/197223/ Acesso em 20 de maio de 2020.

PRESTES, G. Noções intuitivas de geometria elementar para o terceiro anno de ensino preliminar. A Eschola Publica. São Paulo, SP, ano 1, n.3, p. 251-269, set. 1896. Disponível em: . Acessado em: 16 de fevereiro de 2017

VALENTE, W. R. Os saberes para ensinar matemática e a profissionalização do educador matemático. Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 17, n. 51, p. 207-222, jan./mar. 2017

VALENTE, W.R. et al. (2017). A Matemática na Formação de Professores e no Ensino: processos e dinâmicas de produção de um saber profissional, 1809-1990. Projeto de Pesquisa. São Paulo: FAPESP. Recuperado em: 10 de abril, 2018, de http://
bv.fapesp.br/pt/auxilios/98879/a-matematica-na-formacao-de-professores-e-noensino-
processos-e-dinamicas-de-producao-de-um-saber-p/?q=17/15751-2

VILELA, H. A Escola Normal de Maceió (1869 – 1937). Maceió: Edufal, 1982, p. 75; p. 92-96.

VILLELA, L. M. A. et al. Os experts dos primeiros anos escolares: a construção de um corpo de especialistas no ensino de matemática, 1930-1970,(2016). In: PINTO, Neuza Bertoni; VALENTE, Wagner Rodrigues (org.). Saberes elementares matemáticos em circulação no Brasil: dos documentos oficiais às revistas pedagógicas, 1890-1970. São Paulo: LF Editorial, 2017. p. 245-287.

VERÇOSA, E. de G. Caminhos da Educação em Alagoas: da colônia aos dias atuais. Maceió: Catavento, 2001.
Publicado
2020-09-01
Métricas
  • Visualizações do Artigo 48
  • PDF Downloads 48
Como Citar
SANTOS, E. C.; CARVALHO, M. A Expertise de Joaquim José de Araújo na Educação de Alagoas. REMATEC, v. 15, n. 34, p. 158-172, 1 set. 2020.
Seção
Artigos Científicos