Revisita ao desenvolvimento dos números decimais: Dos Árabes, Egípcios e Babilônios à Simon Stevin

Palavras-chave: História da Matemática, Representação Numérica Decimal, De Thiende

Resumo

Com o tempo, o ser humano teve a necessidade de contabilizar e, conforme desenvolvimento humano, aperfeiçoar os instrumentos para realizar essa contabilidade. Atualmente, há ampla utilização dos números racionais não inteiros representados em forma decimal, mas chegar à esse nível houve vários momentos de desenvolvimento na representação numérica. Diante disso, surge a questão norteadora da pesquisa: Como foi o processo de desenvolvimento da escrita dos números para que se chegasse ao modelo de notação e de operações atual? No intuito de responder à essa questão, o objetivo desse trabalho foi o de traçar um panorama quanto ao desenvolvimento dos números decimais desde civilizações mais antigas como árabes, egípcios e babilônio até o belga Simon Stevin, autor de De Thiende. Para tanto, foram realizados levantamentos em livros, artigos científicos, dissertações e teses que realizaram estudos sobre a História da Matemática. Assim foi observado que uma reconstrução do processo de desenvolvimento de algumas formas da escrita numérica, das frações decimais e, posteriormente, dos números decimais. Também é indicada a contribuição da notação dos números decimais para o desenvolvimento dos números irracionais algébricos e, posteriormente, os irracionais transcendentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Beirigo Lopes, Instituto Federal de Mato Grosso
É Doutorando em Educação em Ciências e Matemática pela Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT (2017 - ) e possui Mestrado Profissional em Matemática - ProfMat pela Universidade Federal do Tocantins - UFT (2014 - 2015) e Graduação em Licenciatura Plena Em Matemática pela Universidade do Estado do Pará - UEPA (2004 - 2007). Foi professor de matemática contratado pela Secretaria Municipal de Educação de Itupiranga - Pará, professor de matemática efetivo pela Secretaria de Educação do Estado do Pará, professor de matemática efetivo pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto de Água Azul do Norte - PA. Atualmente é Professor EBTT de Matemática efetivo com dedicação exclusiva do Instituto Federal de Mato Grosso - IFMT - Campus Confresa. Também é Editor-Gerente da Revista Prática Docente (ISSN 2526-2149) e Líder do Grupo de Pesquisa Ensino de Ciências e Matemática no Baixo Araguaia, registrado no CNPq. Incentivador de Acesso Aberto (Open Acess) para publicações científicas.
Rosineide de Sousa Jucá, Universidade do Estado do Pará (UEPA)
Possui graduação em Matemática pela Universidade Federal do Pará (1994), Especialização em Educação Matemática pela Universidade do Estado do Pará (2003), Mestrado em Educação pela Universidade do Estado do Pará (2008), Doutorado em Educação Ciências e Matemática pela Universidade Federal do Mato Grosso (2014). É professora Formadora do Centro de formação dos profissionais da Educação básica da Secretaria de Educação do Estado do Pará, Professora orientadora do Clube de Ciências da Universidade Federal do Pará e professora efetiva da Universidade do Estado do Pará. Tem experiência na área de Educação Matemática, especificamente na linha de Pesquisa de Formação de professores e Ensino, aprendizagem e avaliação em matemática. Líder do Grupo de Pesquisa em Educação Matemática - GPEMAT e membro do Grupo de pesquisa de Cognição e Educação matemática - GECEM, ambos os grupos da Universidade do Estado do Pará.
Pedro Franco de Sá, Universidade do Estado do Pará (UEPA)
Possui graduação em Licenciatura Plena Em Matemática pela Universidade Federal do Pará (1988), mestrado em Matemática pela Universidade Federal do Pará (1996) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2003). Foi o diretor, no periodo de junho de 2012 à maio de 2016, do Centro de Ciencias Sociais e Educação da Universidade do Estado do Pará onde é professor Titular de Educação Matemática do Departamento de Matemática, Estatística e Informática desde 2013. É docente fundador do Programa de Mestrado em Educação do CCSE- UEPA, docente fundador da REAMEC e docente fundador do Programa de Mestrado Profissional em Ensino de Matemática do CCSE- UEPA. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: educação matemática, ensino de matemática por atividades, matemática no ensino fundamental e uso de novas tecnologias em sala de aula, em particular uso didático da calculadora.

Referências

ABDELJAOUAD, Mahdi. Vers une epistemologie des decimaux. In: JEAN-LOUIS, Ovaert; DANIEL, Reisz (Org.). Fragments d'histoire des mathématiques. Paris: Association des Professeurs de Mathématiques de l'Enseignement Public (APMEP), 1981. Cap. 2, p. 69-97. (Collection: Publication de l'APMEP - Num. 041).

AIRES, Aparecido. Simom Stevin e a representação dos números não inteiros. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE, 4, 2010, Aracaju. Anais... Aracaju: UFS, 2010. p. 1-8. Disponível em: http://educonse.com.br/2010/eixo_06/E6-08.pdf. Acesso em: 15 jan. 2018.

BOYER, Carl B. História da matemática. 2ª. ed. [S.l.]: Editora Edgard Blücher, 2012.

BRITO, Arlete de Jesus; SCHUBRING, Gert. Varenius e o conhecimento matemático do século XVII. Ciência & Ecucação (Bauru), São Paulo, v. 15, n. 1, p. 139-153, 2009. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/2510/251019502009.pdf. Acesso em: 20 jan. 2018.

CAJORI, Florian. A history of mathematcal notations. Chicago: Open Court Pub, v. 1, 1928.

ESTRADA, Maria Fernanda et al. História da Matemática. Lisboa: Universidade Aberta, 2000.

EVES, Howard Whitley. Introdução à história da matemática. Tradução de Hygino H. Domingues. Campinas - SP: Editora da UNICAMP, 2004.

GUNDLACH, Bernard H. História dos números e numerais. Tradução de Hygino H. Domingues. São Paulo: Atual, v. 1, 1992.

IFRAH, Georges. Os números: a história de uma grande invenção. Tradução de Stella Maria de Freitas Senra. 11ª. ed. São Paulo: Globo, 2005.

KLINE, Morris. El pensamiento matemático de la Antigüedad a nuestros días. Tradução de Mariano Martínez, Juan Tarrés e Alfonso Casal. Madrid: Alianza Editorial, v. 1, 1992.

MAOR, Eli. e: A história de um número. Tradução de Jorge Calife. Rio de Janeiro – RJ: Editora Record, 2008.

MENDES, Iran Abreu; PIRES, Lucas Silva. Conteúdos de matemática do ensino médio nos livros de minicursos da SBHMat (2001-2017). REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, v. 8, n. 3, p. 533-552, 2020. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/10712. Acesso em: 19 set. 2020.

MENDES, lran Abreu. Números: o simbólico e o racional na história. Natal: Editorial Flecha do Tempo, 2005.

MOREY, Bernadete; GOMES, Severino Carlos. Matemática mesopotâmica: história para o professor de matemática. REMATEC, v. 13, n. 27, p. 06-23, 2018. Disponível em: http://www.rematec.net.br/index.php/rematec/article/view/120. Acesso em: 21 jul. 2020.

OLIVEIRA, Francisco Wagner Soares et al. Aproximação da história da matemática presente nos livros didáticos com a escrita historiográfica tradicional e atualizada. Revista Prática Docente, v. 3, n. 2, p. 406-417, 2018. Disponível em: http://periodicos.cfs.ifmt.edu.br/periodicos/index.php/rpd/article/view/236. Acesso em: 18 jun. 2020.

OLIVEIRA, Rosalba Lopes de. Experiências de utilização de artefatos históricos em atividades de ensino. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, Fortaleza, v. 4, n. 11, p. 71-80, 2017. Disponível em: http://seer.uece.br/?journal=BOCEHM&page=article&op=view&path%5B%5D=2627. Acesso em: 20 jan. 2017.

PASTOR, J. Rey; BALBINI, José. Historia de la Matemática, del renacimiento a la actualidad. Barcelona: Gedisa, v. 1, 1985.

PIRES, Lucas Silva. História para o ensino de sistema de numeração decimal em teses e dissertações (1990-2018). REMATEC, v. 32, n. 2019, p. 193-211, 2014. Disponível em: http://www.rematec.net.br/index.php/rematec/article/view/212. Acesso em: 21 jul. 2020.

PIRES, Lucas Silva; MENDES, Iran Abreu. História da matemática do ensino fundamental nos livros de minicursos da SBHMat (2001-2017). Revista Prática Docente, v. 5, n. 1, p. 28-44, 2020. Disponível em: http://periodicos.cfs.ifmt.edu.br/periodicos/index.php/rpd/article/view/575. Acesso em: 21 jul. 2020.

RHEA, Vanessa Cristina; BIFF, Lorena Carolina Rosa; TRIVIZOLI, Lucieli M. Uso da história da matemática: preparação, deslizes e reformulação de uma proposta sobre números inteiros. REMATEC, v. 11, n. 22, p. 121-138, 2016. Disponível em: http://www.rematec.net.br/index.php/rematec/article/view/74. Acesso em: 25 jan. 2020.

RÍBNIKOV, Konstantin. Historia de las matemáticas. Tradução de Concepción Valdés Castro. Moscú: Editorial Mir, 1987.

ROQUE, Tatiana. História da matemática: uma visão crítica, desfazendo mitos e lendas. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

ROQUE, Tatiana; CARVALHO, João Bosco Pitombeira. Tópicos de história da matemática. Rio de Janeiro: SBM, 2012.

SILVA, Maria José Ferreira da. Sobre a introdução do conceito de número fracionário. 1997. 243 f. São Paulo: Dissertação (Mestrado em Ensino de Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1997. Disponível em: https://sapientia.pucsp.br/bitstream/handle/11516/2/Maria%20Jose%20Ferreira%20da%20Silva.pdf. Acesso em: 16 jan. 2017.

SOUSA, Jeyze Santos de; PEREIRA, Ana Carolina Costa; SILVA, Isabelle Coelho da. Uma proposta envolvendo atividades históricas investigativas a partir da revista Al-Karismi, de Malba Tahan: estudando quadrados mágicos. Revista Prática Docente, v. 4, n. 2, p. 482-498, 2019. Disponível em: http://periodicos.cfs.ifmt.edu.br/periodicos/index.php/rpd/article/view/551. Acesso em: 21 jul. 2020.

STEVIN, Simon. De Thiende. Leyden: Chriftoffel Plantijn, 1585. Disponível em: http://www.dbnl.org/tekst/stev001thie01_01/stev001thie01_01_scans.pdf. Acesso em: 20 jan. 2018.

STEWART, Ian. Historia de las Matematicas: en los últimos 10.000 años. Barcelona: Crítica, 2008.

STEWART, Ian. Uma história da simetria na matemática. Tradução de Cláudio Carina. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

Publicado
2021-02-02
Métricas
  • Visualizações do Artigo 51
  • PDF Downloads 51
Como Citar
LOPES, T. B.; JUCÁ, R. de S.; SÁ, P. F. de. Revisita ao desenvolvimento dos números decimais: Dos Árabes, Egípcios e Babilônios à Simon Stevin. REMATEC, [S. l.], v. 16, p. 59-72, 2021. DOI: 10.37084/REMATEC.1980-3141.2021.n.p59-72.id279. Disponível em: http://rematec.net.br/index.php/rematec/article/view/279. Acesso em: 9 mar. 2021.
Seção
Artigos Científicos