Saberes matemáticos elementares: a formação do professor das crianças sertanejas e da capital da Bahia (1925-1929)

Eliene Barbosa Lima, Inês Angélica Andrade Freire

Resumo

Em 1925, foi sancionada uma reforma para a instrução pública baiana, dirigida por Anísio Spinola Teixeira, onde estabeleceu um novo padrão para o ensino público, desde novos métodos, novas disciplinas e programas de ensino, perpassando pela sua organização administrativa e de fiscalização, até a determinação das penalizações e benefícios, em um claro mecanismo de crescente controle do Estado. Este artigo buscou analisar precisamente o lugar que os saberes matemáticos ocuparam na formação de professores primários, nas escolas normais para as crianças sertanejas e da capital baiana, no período de 1925 a 1929. Neste sentido, consideramos que o ensino dos saberes matemáticos elementares, presentes na formação do professor primário, primava por uma cientificidade pautada em um ensino da aritmética, no qual possibilitasse ao professor primário o desenvolvimento de estratégias pedagógicas que contemplassem tanto as aplicações utilitárias dessa ciência, bem como o desenvolvimento do raciocínio pelos processos de dedução matemática, contribuindo, no entender de Anísio Teixeira, com iniciativas intelectuais e críticas dos alunos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.